Área do condómino

INFORMAÇÃO

Seguindo as normas da DGS a partir de 19/04/2021 retomamos o atendimento presencial nos dias uteis das 09:30/12:30 e das 14:30/16:00.

CARTÃO CONDOSTAR

Solicite o seu cartão condómino CondoStar sem custos para o condómino e usufrua de descontos em ópticas, farmácias, restaurantes, papelarias, etc.

CONDOSTAR UTILIZA SOFTWARE CERTIFICADO

Conforme a Portaria nº 362/2010, que obriga a utilização de programas informáticos certificados.

COMPETÊNCIA

Administrar com zelo, competência e honestidade os imóveis que nos forem confiados.

EXPERIÊNCIA

Portadora de vasta experiência e credibilidade, cuja actuação muito tem contribuído para melhorar a qualidade de vida e bem-estar dos seus clientes.

GERIMOS EMPREENDIMENTOS

É uma empresa sedeada no Laranjeiro, estabelecida no mercado desde 1996.

Ruído

Raramente afecta a audição, mas a exposição a longo prazo ao ruído nocturno aumenta o risco de doenças de coração, hipertensão e desequilíbrios hormonais e psicológicos.

Durante o dia, o nosso organismo habitua-se ao ruído, com efeitos negativos fisiológicos e psicológicos, como alterações ao ritmo cardíaco, irritabilidade, fadiga e stress.

 

Para um sono reparador, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que o ruído ambiente no quarto não ultrapasse os 30 decibéis. Mas um em cada cinco europeus está exposto a níveis elevados de ruído nocturno.

 

Mesmo a dormir, o corpo reage aos sons: pode não acordar com o barulho de um avião, mas a pressão sanguínea aumenta. À noite, aos picos de ruído pontuais, como um alarme, ou outro barulho continuo, junta-se o chamado "efeito de memória”: em silêncio, o nosso sistema nervoso ainda está acelerado devido ao peso da energia sonora que teve de processar durante o dia.

 

Dificuldade em adormecer, acordar a meio da noite e redução de fases do sono importantes, como a do sono profundo, vital para a recuperação física, ou a dos sonhos, são as principais perturbações. A longo prazo, a exposição, sobretudo nocturna, aumenta o risco de doenças do coração, hipertensão e desequilíbrios hormonais e psicológicos.

 

Som muito alto 

Para a OMS, a partir dos 50 decibéis, o ruído contínuo durante o dia incomoda. Num escritório em espaço aberto, com 10 pessoas, um sonómetro regista uma média de 57. Nos centros comerciais, a OMS considera que há risco auditivo, se estiver exposto a mais de 70 decibéis. Só nos corredores de uma grande superfície, as medições acusam 76 decibéis.

 

A partir de 75 decibéis, 8 horas por dia, pode haver danos significativos na audição nos próximos 40 anos, sem contar as perdas por envelhecimento.

 

Onde reclamar

Em áreas com casas, escolas e hospitais, entre outros, festas ou obras de construção civil e outras, são interditas entre as 20 e as 8 horas e aos sábados, domingos e feriados, excepto em situações pontuais em que haja autorização especial.

Para problemas com ruído de vizinhança, obras ou festas, contacte as autoridades locais, (Polícia ou a GNR).

No caso de ruído de comércio, discotecas, oficinas ou de estradas camarárias, apresente reclamação na câmara municipal.

Para o barulho de tráfego rodoviário em estradas nacionais, itinerários principais, complementares e auto-estradas, apresente a queixa às Estradas de Portugal, ou à concessionária da via.


Voltar
® CONDOSTAR | Todos os direitos reservados | Total de visitantes:459367 - Total de visitantes Online:4